Campeão em 2017, Sandoval projeta nova participação na Série A-2

9/12/2019

Zagueiro falou sobre preparação e os cuidados exigidos pelo campeonato  

(9 de dezembro de 2019) – Remanescente do time campeão em 2017, Sandoval conhece muito bem a Série A-2 do Campeonato Paulista. Competição que o São Caetano disputará no próximo ano com o objetivo de conquistar novo acesso.

Sabedor das nuances presentes na segunda divisão de São Paulo, o defensor ressaltou qual o tipo de atitude que o Pequeno Gigante precisará ter no Estadual.

“É preciso esquecer que fomos campeões (Copa Paulista) recentemente e que conseguimos o objetivo do clube: de voltar à Série D do Brasileiro. Agora é necessário se preparar em todos os sentidos para a Série A-2”, disse antes de continuar. “Na minha opinião a Série A-2 é muito mais difícil do que a primeira divisão. Afinal são vários jogos contra times bem competitivos. Mesmo assim, o São Caetano possui totais condições de fazer grande campeonato e buscar o acesso”, explicou.

Além da conquista recente de 2017, o Azulão também foi campeão da Série A-2 em 2000. Temporada em que levantou o troféu após superar o Paulista de Jundiaí na final.

Preparação

Com várias partidas realizadas em curto espaço de tempo, a participação no Estadual exige dedicação total por parte dos atletas azulinos. Por esse motivo, Sandoval retornou aos treinos, até mesmo antes do que os companheiros, para se colocar à disposição do técnico Adãozinho o mais rápido possível.  

“Não posso me dar o luxo de ficar muito tempo parado, pois a gente precisa se cuidar. Estou me preparando fisicamente e mentalmente. Junto com o grupo e respeitando os companheiros de posição, vou sempre oferecer o meu melhor para colocar o São Caetano novamente nas principais divisões”, contou o zagueiro.

Estreia

O primeiro compromisso do Azulão na Série A-2 será no dia 22/01(quarta-feira).  Data em que o Pequeno Gigante enfrenta o Penapolense, no Tenente Carriço, em Penápolis.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa | Fabrício Cortinove

5/12/2019

Fisiologista do Azulão, Tiago Novato falou sobre os primeiros trabalhos realizados com o grupo campeão da Copa Paulista

(5 de dezembro de 2019) – Após conquistar o título da Copa Paulista, o elenco do Azulão retornou aos trabalhos de olho nas competições que terá na próxima temporada. Ainda passando por definições em seu elenco, o São Caetano utiliza esses primeiros treinos para a realização de avaliações físicas.

Iniciando a preparação para a Série A-2 do Campeonato Paulista, o grupo azulino fez pela manhã desta quinta-feira testes de composição corporal, flexibilidade e saltos verticais. Tudo isso com o objetivo de proporcionar melhores resultados na próxima temporada, como explicou o fisiologista Tiago Novato.  

“Essas avaliações servem para ter um parâmetro inicial do que será feito com o trabalho físico. Analisamos a parte muscular, metabólica e de condicionamento para determinar o que será feito para aprimorar a parte física “, disse antes de continuar. “Alguns atletas já chegam com um lastro de treino bom, precisando apenas lapidar algumas arestas. Enquanto outros precisam fazer um pouco mais de trabalho para deixar o grupo homogêneo e, assim, na melhor condição possível à disposição do treinador”, contou o profissional.

Sobre as avaliações feitas pela manhã, o fisiologista ainda destacou como cada uma pode contribuir em diferentes aspectos no desenvolvimento do time azulino.

 “A composição corporal serve para ver o percentual de gordura, enquanto as avaliações de flexibilidade contribuem para termos noção do alongamento do atleta e até para prevenir lesões. Já os saltos verticais servem como parâmetro de força, principalmente de força explosiva. Algo que também ajuda no dia a dia de treino”, avaliou Tiago Novato.

2020

O primeiro jogo do Azulão na Série A-2 do Campeonato Paulista será no dia 22/01(quarta-feira).  Data em que o São Caetano enfrenta o Penapolense, no Tenente Carriço, em Penápolis.

Além do Estadual, o Pequeno Gigante irá disputar também a Série D do Campeonato Brasileiro em 2020. Competição que garantiu presença ao vencer a Copa Paulista deste ano.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa | Fabrício Cortinove

Artilheiro do Azulão em 2019, Gleyson vê trabalho coroado com título da Copa Paulista

3/12/2019

Centroavante encerrou competição como vice-artilheiro, com 10 gols marcados

(3 de dezembro de 2019) – Prata da casa, Gleyson retornou ao Anacleto Campanella após algumas experiências por empréstimo. A principal delas no Comercial, onde foi artilheiro e conquistou o acesso à Série A-3 do Campeonato Paulista no ano passado.

Diante da ótima temporada no Bafo, o atacante pôde, enfim, debutar no profissional azulino. Oportunidade essa que foi muito bem aproveitada, pois, mesmo sem poder atuar na reta final da Copa Paulista – por conta de lesão no joelho -, encerrou o ano como principal goleador do clube com 12 gols marcados em 27 partidas realizadas.

FARO DE GOL

Também na Copa Paulista, vivenciou o melhor momento com a camisa do Pequeno Gigante. O atacante era o artilheiro da competição, com 10 tentos anotados, até se lesionar em partida contra o Santo André, pela terceira fase da disputa.

Com base no desempenho apresentado no campeonato, Gleyson falou sobre a importância que o título conquistado recentemente possui para todos que torcem pelo sucesso do Azulão.

“Muita felicidade. Independente do meu momento, afinal é difícil um jogador ficar sem jogar. Quem entrou deu conta do recado, e a torcida merecia (essa conquista). Passamos por momentos difíceis na competição. Mas fizemos ótimo trabalho e a coroação veio com esse título maravilhoso”, afirmou o atleta.

Dono de uma média de 0,58 gols por partida durante a participação na Copa Paulista, o atacante terminou a disputa como o seu segundo principal goleador. Ficando atrás apenas de Jhonny e Macena, jogadores que balançaram as redes dos rivais em 11 oportunidades.  

ARTILHEIROS

Após Gleyson, a lista de artilheiros do São Caetano na temporada é composta por Jean Dias e Alex Reinaldo, ambos com cinco gols. Em seguida, aparecem nomes como Bruno Mezenga (4), Marlon, Emerson Santos e Junior Alves, todos com três tentos anotados ao longo do ano.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa | Fabrício Cortinove