Gol anulado impede vitória do Azulão, que fica no empate com o São Luiz  

(26 de setembro de 2020) – O São Caetano voltou a campo neste sábado, pela Série D do Campeonato Brasileiro, para enfrentar o São Luiz. Pelo Grupo A8, o duelo realizado no Estádio 19 de Outubro terminou empatado em 0 a 0.

Resultado que possibilitou ao Pequeno Gigante a conquista do seu primeiro ponto na competição. Já que na estreia, diante do Caxias, o time azulino havia sido derrotado (1 a 0) no Anacleto Campanella.

O jogo

Por conta da semifinal da Série A-2 contra o XV de Piracicaba, o clube do ABC atuou em Ijuí com uma equipe alternativa. Mesmo assim, o grupo que hoje foi dirigido pelo auxiliar técnico Dininho não fez feio e, por pouco, quase conseguiu o resultado positivo.

Contando com a boa estreia do goleiro Caio, ex-Monte Azul, e uma atuação bastante consistente pela defesa formada por Matheus Santos e Victor Luiz, o São Caetano soube lidar bem com os momentos em que foi pressionado pelo adversário.

O contra-ataque e chutes de média e longa distância foram as principais armas do Azulão. Sendo assim, finalizações de Thiago Potiguar e Emerson Lima, durante o segundo tempo, levaram perigo ao gol do rival.

Em um confronto em que o equilíbrio predominou, foi também de Emerson Lima a principal chance do São Caetano. Em rápida escapada pela esquerda do ataque caetanista, o prata da casa aproveitou cruzamento rasteiro e concluiu para o fundo das redes aos 42 minutos da etapa final.

Entretanto, a arbitragem alegou posição irregular do atacante e anulou aquele que seria o gol da vitória do São Caetano. Definindo assim o placar final de 0 a 0.

Sequência

O próximo compromisso do Azulão será pela Série A-2 do Campeonato Paulista. Quando São Caetano e XV de Piracicaba realizam o segundo jogo da semifinal desta competição na quarta-feira (30), às 16h30, no Anacleto Campanella.

Ficha técnica:

Local: Estádio 19 de Outubro, em Ijuí;

Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo (RJ);

Auxiliares: Fabricio Lima (RS) e Max Augusto (RS)

São Luiz: Roballo; Itaqui, Silvio, Jadson e Gabriel (Geovane); Paulinho Santos, Tássio(Ariel) e Germano;  Jhonatan(Eduardo), Matheus(Éverton) e Juba

Técnico: Pícoli

São Caetano: Caio; Lucas, Matheus Santos, Victor Luiz e Acácio; Guilherme Amorim, Marcílio (Gian) e Thiago Potiguar; Marcus Vinicius, Felipe Carvalho (Matheus Eduardo) e Rafael Menezes (Emerson Lima)

Técnico: Dininho

Foto: Lucas Dornelles/E.C. São Luiz

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Por recuperação na Série D, Azulão desafia São Luiz no Sul

(25 de setembro de 2020)- Em meio a disputa do acesso à elite paulista e de olho na recuperação na Série D do Campeonato Brasileiro, o São Caetano volta a campo neste sábado (26).

Desta vez para enfrentar pela primeira vez o São Luiz, em jogo que acontece no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí, às 17h. Na partida de estreia do Grupo A8, o Pequeno Gigante perdeu (1 a 0) para o Caxias, no Anacleto Campanella.

PROJEÇÃO

Um dos destaques do São Caetano na temporada, o goleiro Luiz Daniel falou sobre os próximos desafios que aguardam pelo time do ABC.

“São duas partidas importantíssimas (São Luiz e XV de Piracicaba). A gente não estreou bem na Série D, estreamos com derrota. Então temos que buscar a vitória fora de casa e focar ao máximo no jogo do ano, que será no meio de semana”, afirmou o dono da camisa de número 1.

Após enfrentar o clube gaúcho, o time azulino terá pela frente novo embate contra o Nhô Quim na quarta-feira (30), às 16h30, no Anacleto Campanella. Caso o empate se repita, o finalista e, consequentemente, detentor do acesso à elite, será definido nos pênaltis.

RETROSPECTO

O São Caetano já enfrentou times do Sul em 13 oportunidades na Série D do Brasileiro. Dentro deste retrospecto, o Pequeno Gigante venceu seis partidas, obteve três empates e perdeu quatro jogos.

TRANSMISSÃO

Assim como na rodada de estreia, o jogo deste sábado também será transmitido pela plataforma do MyCujoo. Podendo ser acessado tanto pelo site quanto em seu aplicativo, ambos de forma gratuita.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Alexandre Gallo analisa empate em Piracicaba e projeta confronto de volta no Anacleto

(24 de setembro de 2020) – Mesmo sem gols, a igualdade no placar do primeiro jogo da semifinal da Série A-2, entre XV de Piracicaba x São Caetano, demonstrou todo o equilíbrio do confronto realizado no Barão da Serra Negra.

Diante deste resultado conquistado na casa do Nhô Quim, o técnico Alexandre Gallo analisou o desempenho tido pelo elenco azulino na oportunidade.

“No primeiro tempo tivemos um bom jogo técnico, poderia ter sido até melhor. Criamos boas oportunidades e erramos um pouco o último passe na entrada da área deles. Já no segundo tivemos problemas físicos com os nossos dois zagueiros e isso atrapalhou na remontagem da defesa”, explicou.

Em relação ao duelo seguinte entre as equipes, Gallo destacou os benefícios que o Pequeno Gigante possui ao decidir o acesso atuando em seus domínios.

“É uma vantagem. Após jogo decisivo como foi, nervoso como foi (o primeiro duelo da semifinal). Quando você está dentro dos seus domínios, jogar no campo que você treina é uma vantagem. Claro que queríamos vencer, mas, por tudo que aconteceu no segundo tempo, poder decidir em casa é bom”, concluiu.

JOGO DE VOLTA

O segundo duelo da fase semifinal será realizado na outra quarta-feira (30), às 16h30, no Anacleto Campanella. Caso a igualdade no placar se repita, o finalista da Série A-2 do Campeonato Paulista será definido nos pênaltis.

Antes deste decisivo e próximo embate pelo Estadual, o Azulão volta a campo pela Série D do Brasileiro. No sábado (26), o São Caetano enfrenta o São Luiz, às 17h, no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

TUDO IGUAL!!

Azulão empata com o XV em Piracicaba, e definição do finalista da A-2 fica para o Anacleto

(23 de setembro de 2020) – Tudo igual no jogo de ida da semifinal da Série A-2 do Campeonato Paulista. Em confronto que contou com todas as características dignas de uma decisão, XV de Piracicaba e São Caetano não saíram do 0 a 0 no Barão da Serra Negra.

Resultado que deixou a definição de quem irá avançar à final e, consequentemente, conquistar o acesso, para a partida de volta. Quando Azulão e Nhô Quim se enfrentam em São Caetano do Sul.

O jogo

Mesmo atuando como visitante, o time azulino se aventurou ao ataque no primeiro tempo e construiu várias oportunidades de gol.  Aos nove minutos, Anderson Rosa arriscou de fora da área e o goleiro espalmou para frente. Emerson Santos mergulhou para pegar o rebote de cabeça, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.

Outro bom momento do São Caetano ocorreu aos 23 minutos do primeiro tempo. Alex Reinaldo cobrou escanteio do lado esquerdo, a bola ganhou efeito e fez o goleiro espalmar para escanteio.

Já no segundo tempo o jogo continuou bastante equilibrado, porém, poucas chances concretas de gol aconteceram para os dois lados. Definindo assim o placar em 0 a 0.

Decisão

O segundo jogo da semifinal, entre São Caetano x XV de Piracicaba, acontece na outra quarta-feira (30), às 16h30, no Anacleto Campanella. Caso o empate se repita, o finalista será decidido nos pênaltis.

Porém, antes do confronto válido pelo Estadual, o Azulão volta a campo pela Série D do Brasileiro. No sábado (26), o time do ABC enfrenta o São Luiz, em Ijuí.

Ficha técnica:

Local: Barão de Serra Negra, em Piracicaba;

Árbitro: Adriano de Assis Miranda;

Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Luiz Alberto Andrini Nogueira;

XV de Piracicaba: Mota; Jefferson Feijão (Filipe Cirne), Douglas Marques, Diego Jussani e Paulão; Felipe Manoel, Gabriel Soares (Samuel Andrade) e Daniel Costa (Erison); Kadu Barone (Kelvin), Raphael Macena e Caio Mancha (Marcelinho)

Técnico: Evaristo Piza

São Caetano: Luiz Daniel; Alex Reinaldo (Acácio), Domingos (Guilherme Amorim), Sandoval (Gustavo) e Dudu; Everton Dias, Emerson Santos e Anderson Rosa; Eric Di Maria, Ronaldo e Joel Vinícius

Técnico: Alexandre Gallo

Foto: Leonardo Lima

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Cuadrado é emprestado ao Flamengo

(22 de setembro de 2020)-Nome revelado na base do Azulão, o meia Cuadrado foi emprestado ao Flamengo até o final de janeiro de 2022.

Integrado ao profissional do São Caetano no início deste ano, o atleta realizou 8 jogos pelo time principal e marcou 1 gol.

Desejamos boa sorte ao nosso prata da casa neste novo desafio.

 

No Barão da Serra Negra, Azulão inicia batalha pelo acesso contra o XV de Piracicaba

(22 de setembro de 2020) – São Caetano e XV de Piracicaba começam a decidir uma vaga na elite paulista nesta quarta-feira. Data em que se enfrentam no Barão da Serra Negra, às 17h, no primeiro dos dois jogos da fase semifinal da Série A-2.

Com mais pontos conquistados ao longo da competição, o Pequeno Gigante possui a vantagem de decidir em casa. Mas essa é uma questão que passa longe do pensamento azulino, como explica o técnico Alexandre Gallo.

“Dentro das nossas conversas analisamos os próximos noventa minutos como os mais importantes do campeonato. A gente não pensa nos 180 minutos, pois o foco nosso é fazer grande primeira partida para trazer bom resultado”, disse antes de completar. “Precisamos ter muita atenção. O time deles possui uma boa equipe e é bem dirigida”, completou o treinador, que não possui desfalques por suspensão.

Quem compartilha de opinião semelhante ao do técnico é o meia Anderson Rosa. Na opinião do armador, o duelo em Piracicaba precisa ser encarado como uma verdadeira final pela conquista do acesso.

“Estamos nos preparando para uma decisão. O nosso objetivo principal é o acesso e, por isso, serão duas finais que precisamos lidar”, afirmou Rosa, que ainda analisou o adversário.  “São equipes bem iguais (São Caetano e XV de Piracicaba). O time deles é muito forte e está sempre chegando nas finais dos campeonatos que disputa. Queremos fazer excelente jogo para poder decidir em casa”, desejou o meia.

RETROSPECTO

Finalistas da última edição da Copa Paulista, São Caetano e XV de Piracicaba se enfrentam pela 16ª vez dentro de competições oficiais. O conjunto azulino leva vantagem ao vencer seis destes duelos contra um triunfo a favor do time mandante desta quarta-feira; outros oito confrontos terminaram empatados.

VAR

A principal novidade desta fase semifinal será a implantação do VAR. Para isso, jogadores e membros da comissão técnica participaram de videoconferência realizada pela Federação Paulista com a finalidade de receber explicações sobre o funcionamento do sistema.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Thiago Potiguar vê estreia positiva e destaca próximos passos do Azulão na Série D

(21 de setembro de 2020) – Um dos reforços contratados para este período pós-pandemia, o meia Thiago Potiguar estreou com a camisa do São Caetano diante do Caxias. Apesar da derrota (1 a 0) para o time gaúcho, o armador não decepcionou e demonstrou que pode ser uma peça muito útil na equipe dirigida por Alexandre Gallo.

Diante deste início no Anacleto Campanella, Potiguar destacou pontos positivos da sua primeira atuação como atleta do Pequeno Gigante.

“Muito feliz pela oportunidade de jogar de titular. Treinei bastante para ter essa chance. Fico contente pela participação que eu tive no jogo, pois joguei noventa minutos e não esperava estar em campo durante todo esse tempo. A vitória não veio, mas futebol é assim”, afirmou.

Já projetando os próximos desafios do São Caetano na Série D do Brasileiro, o meia ainda ressaltou a atitude que o Pequeno Gigante terá nesta sequência da competição.

“Agora é preciso levantar a cabeça. Muitas coisas ainda vão acontecer. Pode ter certeza de que vamos brigar até o final pela conquista do nosso objetivo(acesso)”, afirmou o meia.

DECISÃO

O próximo compromisso do São Caetano será o primeiro e decisivo jogo da semifinal da Série A-2 do Campeonato Paulista. Por ter atuado pelo Juventus nesta competição, Thiago Potiguar não poderá enfrentar o XV de Piracicaba, entretanto, incentivo não faltará junto aos seus companheiros.

“Temos uma batalha essa semana. Infelizmente eu não posso jogar. Mas vou torcer pelos meus companheiros, pois trata-se de final”, afirmou o meia sobre a partida que acontece na quarta-feira (23), às 17h, no Barão de Serra Negra.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Alexandre Gallo analisa atuação contra Caxias e projeta primeiro jogo da semifinal da A-2

(20 de setembro de 2020) – De olho no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista, o São Caetano enfrentou o Caxias na rodada de estreia da Série D do Brasileiro com um time bastante modificado em relação aos últimos confrontos.

Ao término da partida contra a equipe gaúcha, o Azulão saiu de campo derrotado (1 a 0), entretanto, o revés sofrido no Anacleto Campanella também teve pontos positivos. Como analisou o técnico Alexandre Gallo.

“Evidente que a gente não queria perder. Estávamos com vários jogadores que estavam sem ritmo de jogo, então trabalhamos durante a semana para que esse time pudesse jogar junto pela primeira vez. Acho que foi muito positivo, pois ganhamos coisas boas. Pelo jogo em si, nós não merecíamos essa derrota”, disse antes de completar.  “Acho que a resposta foi boa. O time fez um jogo bom para não ter esse resultado”, opinou o treinador.

VALE ACESSO

O Azulão agora volta as suas atenções para a Série A-2 do Campeonato Paulista, quando enfrenta o XV de Piracicaba. Pensando neste  duelo, o técnico do Pequeno Gigante falou sobre a preparação que será feita nos próximos dias.

“Já estamos trabalhando com a equipe que vai atuar. Seguimos amanhã(domingo) com trabalhos táticos para tentar fazer bom jogo nesta primeira partida e tentar trazer um bom resultado para cá”, contou Alexandre Gallo.

O primeiro duelo da fase semifinal da Série A-2, entre São Caetano e XV de Piracicaba, será realizado na quarta-feira (23). Quando as equipes se enfrentam no Barão de Serra Negra, às 17h.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove