Para ajudar o Azulão na Série A-2, Índio não escolhe posição

Volante de origem, prata da casa chegou a atuar na zaga durante o segundo tempo contra o Rio Claro

(21 de fevereiro de 2020) – Em busca da recuperação na Série A-2 do Campeonato Paulista, o atual momento exige dedicação total do elenco azulino. Com Índio não é diferente, como foi demonstrado na partida passada diante do Rio Claro.

Volante de origem, o prata da casa atuou no segundo tempo contra o Galo Azul na posição de zagueiro. Algo normal na visão do jogador que, se for necessário, fará novamente para contribuir pelo sucesso caetanista.

“Muitas vezes a oportunidade aparece e você precisa estar pronto para poder ajudar. Se o professor pedir, vou atuar em qualquer posição para contribuir pelo time”, explicou.

Presente no time campeão da Copa Paulista no ano passado, Índio defende o profissional desde o segundo semestre de 2018. Aos 20 anos, o jogador já possui 23 partidas com a camisa da equipe principal do Pequeno Gigante.

Recuperação

Em 10° lugar na tabela de classificação, com oito pontos conquistados, o São Caetano deseja ingressar novamente no G-8. Porém, para isso acontecer, o clube do ABC precisa vencer o São Bento em seu próximo compromisso.

“Partida importante para buscarmos uma classificação e, se Deus quiser, o acesso no final da competição. Vamos nos dedicar ao máximo nos treinamentos para conseguir ótimo resultado”, projetou.

São Caetano e São Bento se enfrentam na segunda-feira, às 20h, no Estádio Walter Abreu, em Sorocaba.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Madson e Domingos reforçam Azulão na Série A-2 do Campeonato Paulista

 

Jogadores já treinam com o elenco dirigido por Alexandre Gallo

(20 de fevereiro de 2020) – Para oferecer mais opções ao elenco dirigido por Alexandre Gallo na Série A-2 do Campeonato Paulista, o São Caetano oficializou mais dois nomes nesta quinta-feira. Madson, meia que atuou pelo CSA no Campeonato Brasileiro, e Domingos, zagueiro que defenderá o clube pela segunda vez na carreira.

Rápido e dono de faro de gol apurado, Madson apareceu muito bem no futebol nacional pelo Vasco. Na sequência da carreira vivenciou momento mágico no Santos, clube pelo qual disputou 106 partidas e marcou 19 gols.

Presente no início da trajetória de Neymar pelo Peixe, o novo reforço do São Caetano ainda conquistou a Copa do Brasil antes de deixar a Vila Belmiro. Após passagem pelo Atlético Paranaense o meia se transferiu para o Al-Khor(Qatar), time onde permaneceu por seis anos.

De volta ao Brasil, defendeu as camisas de Fortaleza e CSA no ano passado. Antes de aceitar o desafio e atuar na Série A-2 do Campeonato Paulista pelo São Caetano.

“Feliz por voltar ao futebol paulista. Quero ter aqui os mesmos bons momentos que tive no Santos. É um prazer vestir a camisa do São Caetano. Então espero oferecer o meu melhor para ajudar a equipe e o professor Gallo na luta pela classificação entre os oito”, afirmou.

Quem também foi oficializado nesta quinta-feira como novo reforço para a Série A-2 do Campeonato Paulista é o zagueiro Domingos. Nome que vestirá a camisa do Azulão pela segunda vez na carreira.

Jogador raiz, como ficou conhecido ao longo do tempo, por sempre chegar forte nas jogadas, o beque teve grande destaque vestindo a camisa do Santos no início da carreira. Em seguida passou pelas equipes do Grêmio (RS), Portuguesa e Guarani antes de se aventurar no exterior, onde jogou no Al-Khor(Qatar) por cinco temporadas.

No retorno ao Brasil, Domingos atuou por Santo André, Portuguesa Santista e Aparecidense. Agora diante da oportunidade de jogar novamente pelo Azulão, o defensor falou sobre a expectativa que possui no time dirigido por Alexandre Gallo.

“Tive aqui uma passagem muito boa. Mas neste retorno preciso esquecer o passado e fazer aquilo o que sempre fiz. Oferecer determinação, empenho e garra para ajudar os meus companheiros na luta pelo acesso. A Série A-2 é um campeonato muito disputado, difícil. Mas sabemos que temos condições de se classificar entre os oito. Vamos lutar passo a passo pelo nosso objetivo(acesso)”, concluiu.

Ficha técnica:

Madson

Posição: meia

Nome completo: Madson Formagini Caridade

Data de nascimento: 21/05/1986

Natural de: Volta Redonda(RJ)

Principais clubes: Volta Redonda, Vasco, Santos, Atlético Paranaense, Al-Khor(Qatar), Fortaleza e CSA

 

Ficha técnica:

Domingos

Posição: zagueiro

Nome completo: Domingos Nascimento dos Santos Filho

Data de nascimento: 12/12/1985

Natural de: Nazaré das Farinhas

Principais clubes: Santos, Portuguesa, Guarani, São Caetano, Al Kharaitiyat(Qatar) e Portuguesa Santista

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

BEM-VINDO, ACÁCIO!!

Lateral-esquerdo com passagens por Bragantino e Red Bull Brasil reforça Azulão na Série A-2

(19 de fevereiro de 2020) – O São Caetano oficializou nesta quarta-feira mais um reforço para a sequência da temporada. Trata-se do lateral-esquerdo Acácio, ex-CRAC, e com passagens por vários clubes no futebol paulista.

Revelado no CSA, o novo reforço azulino teve a primeira experiência em terras paulistanas na equipe do Rio Claro. Pelo Galo Azul atuou na Série A-2 de 2018, quando participou de 13 jogos.

Em seguida defendeu as camisas de Red Bull Brasil e Bragantino. Por esse último disputou a elite paulista em 2019, e teve papel importante na permanência do clube na principal divisão do Estado.

Com qualidade tanto para atacar quanto para defender, Acácio falou sobre os planos que possui para a passagem no Anacleto Campanella.

“O Estadual em São Paulo é o melhor do Brasil, portanto, quero fazer uma boa competição ao lado dos meus companheiros. Podem esperar muita vontade, determinação e entrega. Todo torcedor espera esta determinação do jogador. Que ele se entregue pelo clube, e será isso que eu vou fazer”, afirmou.

Antes de chegar ao CRAC, Acácio jogou também pelas equipes do Volta Redonda e Ferroviário em 2019. Fora do Brasil, o novo lateral-esquerdo do Azulão atuou pelo Portimonense (Portugal).

Ficha técnica:

Acácio

Nome completo: Cícero Acácio Araújo Lima Filho

Posição: lateral-esquerdo

Data de nascimento: 2/9/1993

Principais clubes: CSA, Rio Claro, Portimonense (Portugal), Operário (PR), Red Bull Brasil, Bragantino, Volta Redonda, Ferroviário e CRAC

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

 

Anderson Rosa destaca tempo extra de preparação como trunfo para enfrentar o São Bento

 

Confronto entre Azulão x Bentão, pela Série A-2, acontece apenas na segunda-feira

(19 de fevereiro de 2020) – Focado em se recuperar na Série A-2 do Campeonato Paulista, o São Caetano terá um importante aliado: o tempo. Isso por conta da partida contra o São Bento, que acontece apenas na próxima segunda-feira (24), às 20h, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

Meia titular do Azulão nos últimos duelos, Anderson Rosa falou como o Pequeno Gigante irá aproveitar esse período extra de preparação.

“Teremos mais dias para o professor Gallo ajeitar a equipe, conversar com a gente.  Desde o dia da sua chegada tivemos um jogo seguido do outro. Agora com mais tempo, ele irá acertar o time na expectativa de fazermos grande exibição na segunda”, afirmou.

Em relação às últimas atuações quando o time azulino foi derrotado por Red Bull e Rio Claro, respectivamente, Rosa ressaltou aspectos que podem melhorar o desempenho do São Caetano na competição.

“Tivemos dois jogos em que não conseguimos o resultado desejado, pois produzimos oportunidades para sair com a vitória. Então precisamos caprichar mais na última bola, nas finalizações. Em campeonato tão nivelado, como é o Paulista, não podemos oferecer essas brechas para o adversário”, explicou.

RECUPERAÇÃO

Com oito pontos conquistados, o Azulão ocupa atualmente o 10° lugar na tabela de classificação do Estadual. Dois atrás do Sertãozinho, último colocado do G-8.

Para recuperar posições, Anderson Rosa também destacou que a vitória precisa ser o principal objetivo diante do São Bento. Mesmo com o Pequeno Gigante atuando na condição de visitante.

“Uma equipe forte. Mas como não conseguimos os pontos aqui (Anacleto Campanella), vamos ter que buscar o resultado fora. Respeitamos o adversário, porém, precisamos dos três pontos”, concluiu.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

BEM-VINDO, GENERAL!!

 

Ex-Botafogo (SP), Bruno Moraes reforça ataque do Azulão

(18 de fevereiro de 2020) – Visando fortalecer o seu elenco para a sequência da Série A-2 do Campeonato Paulista, o São Caetano oficializou nesta terça-feira mais um reforço. Trata-se do atacante Bruno Moraes, o general, como ficou conhecido nos clubes em que passou por comemorar gols prestando continência para a torcida.

Revelado no Santo André, onde foi vice-campeão paulista em 2010, o novo centroavante azulino passou na sequência da carreira por equipes como Portuguesa, Coritiba e Santa Cruz.

No clube pernambucano teve grande destaque ao conquistar o Estadual e a Copa do Nordeste. Ainda na Cobra Coral, equipe em que começou a ser chamado de general, marcou 20 gols no período.

Após passagem pelo Dibba Al Fujairah(Emirados Árabes Unidos), Bruno Moraes  retornou ao Brasil para vivenciar  outro grande momento na carreira. Agora pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, agremiação pela qual se destacou, principalmente, em 2018, quando marcou cinco gols em 11 partidas disputadas na campanha que assegurou a permanência do Pantera na elite paulista.

SÃO CAETANO

Diante do desafio de jogar pelo Pequeno Gigante, o centroavante falou sobre os planos que possui no Anacleto Campanella.

“A expectativa é a melhor possível. Conheço a história do São Caetano. A grandeza desta camisa. Todo jogador que está aqui precisa se dedicar. É preciso dar a vida dentro de campo para colocar esse clube na primeira divisão de novo”, afirmou.

EXPERIÊNCIA

Se depender do retrospecto de Bruno Moraes na Série A-2 do Campeonato Paulista, o torcedor pode ficar confiante. Afinal de contas, acessos não faltam na trajetória do atleta na divisão.

“Já joguei três vezes (Série A-2) e graças a Deus conquistei três acessos. Quero continuar essa história que tenho na competição. Com camisa do São Caetano, precisa pensar em título, acesso. Precisa pensar grande”, concluiu o atacante, que subiu à elite paulista atuando pelos times do Santo André, Red Bull Brasil e Ferroviária.

Ficha técnica:

Bruno Moraes

Posição: atacante

Nome completo: Bruno Eduardo Moraes

Data de nascimento: 12/01/1989

Natural de: Bragança Paulista

Principais clubes: Santo André, Ferroviária, Bragantino, Taubaté, Rio Claro, Portuguesa, Santa Cruz e Botafogo(SP)

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Sandoval cobra reação no São Caetano em sequência da Série A-2

 

Zagueiro falou sobre a importância de superar as últimas atuações visando a recuperação da equipe

(17 de fevereiro de 2020) – Concentração, avaliação e retomada. Palavras que precisam ser aplicadas no dia a dia do São Caetano visando a sequência da participação do clube na Série A-2 do Campeonato Paulista.

Desta forma, o Azulão pretende se recuperar no Estadual. Porém, para isso acontecer, é preciso de empenho total como destaca o zagueiro e capitão Sandoval.

“Um time como o São Caetano não pode ficar três jogos sem vencer. Nós atletas precisamos nos cobrar bastante. Saber que precisamos melhorar e observar o que erramos. Precisamos buscar a vitória. Em casa estamos perdendo pontos importantes, então precisamos melhorar e lutar pelo algo a mais”, opinou o defensor.

Com o tropeço (1 a 0) sofrido diante do Rio Claro, o Pequeno Gigante deixou a zona de classificação à próxima fase do Paulista. Ocupando agora o 10º lugar, com oito pontos conquistados e dois atrás do Sertãozinho, último colocado no G-8.

DUELO EM SOROCABA

Na próxima rodada da Série A-2, o Azulão enfrente o São Bento. Compromisso de grande importância para recolocar o time azulino na briga pela parte de cima da tabela.

“Precisamos fazer o nosso melhor jogo. Trabalhar bastante e rever a última atuação. Analisar o próximo adversário, pois precisamos voltar a somar. Conquistar pontos fora de casa é fundamental”, afirmou Sandoval.

São Caetano e São Bento se enfrentam na próxima segunda-feira (24). Em confronto que acontece no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, às 20h.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Alexandre Gallo avalia atuação e destaca erros cometidos em derrota para o Rio Claro

 

(16 de fevereiro de 2020) – Diante do Rio Claro, o São Caetano conheceu a primeira derrota (1 a 0) em seus domínios nesta edição da Série A-2 do Campeonato Paulista. Resultado fora dos planos do Azulão, que buscava a vitória para se recuperar do revés tido no meio da semana contra o Red Bull.

Ao analisar o desempenho azulino ao fim do confronto no sábado, o técnico Alexandre Gallo apontou aspectos que impediram o sucesso dos seus comandados.

“Se fizer uma análise fria do resultado, precisamos avaliar as coisas que aconteceram na partida. Fizemos primeiro tempo abaixo, o adversário teve uma chance que foi o gol. No meu entender foi uma falta em cima do nosso lateral-direito, apesar de achar que ele (Lucas) poderia ter entrado mais forte na jogada”, disse o treinador sobre o primeiro tempo.

Já sobre a etapa final, Gallo ressaltou a grande quantidade erros cometidos pelo São Caetano na tentativa de obter um resultado melhor ao término do duelo.

Hoje(sábado) foi um dia de escolhas ruins dentro de campo. No segundo tempo jogamos praticamente em meio-campo e não conseguimos entrar (na área do adversário). O segundo tempo foi de um time só. Nós atacando e eles se defendendo”, explicou.

Por fim, o treinador do São Caetano ainda avaliou o momento por qual passa o Pequeno Gigante na Série A-2.

“Não me preocupo com essa questão de três jogos sem vencer. Até pelo fato de no começo não falarmos dos três jogos que ficamos sem perder. O que preocupa mais é fazer um time equilibrado. No meio da semana fizemos um grande jogo, porém, infelizmente de maneira fatídica, não conseguimos a vitória que estava em nossas mãos”, afirmou sobre o tropeço do Azulão para o Red Bull Brasil.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Na Série A-2 do Campeonato Paulista, Azulão é superado em casa pelo Rio Claro

(15 de fevereiro de 2020) – São Caetano e Rio Claro se enfrentaram neste sábado, no Anacleto Campanella, pela sétima rodada da primeira fase da Série A-2 do Campeonato Paulista. Com um gol ainda na primeira etapa, o Galo Azul levou a melhor e venceu por 1 a 0.

Resultado que deixa o Pequeno Gigante com oito pontos e, por enquanto, ainda na zona de classificação à próxima fase. Ocupando atualmente o oitavo lugar.

O GOL

O Galo Azul fez o gol da vitória aos 22 minutos do primeiro tempo com Lucas Crispim. O meia-atacante superou a marcação em lance bastante polêmico, ao parecer ter feito falta no lateral-direito Lucas, antes de bater com categoria na sequência para definir o resultado. 1 a 0 a favor do Rio Claro.

PRÓXIMA PARTIDA

Na rodada seguinte da Série A-2 do Campeonato Paulista, o São Caetano visita o São Bento. Confronto que acontece na segunda-feira (24), às 20h, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

Ficha técnica:

Local: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul;

Árbitro: Pietro Dimitrof Stefanelli;

Auxiliares: Bruno Silva de Jesus e Eduardo Vequi Marciano;

Público: 477

Renda: R$ 2.320,00

São Caetano: Luiz Daniel; Lucas, Sandoval, Junior Alves (Guilherme Amorim) e Eric Di Maria; Esley (Ronaldo), Índio e Anderson Rosa; Cuadrado, Jean Dias e Marlon

Técnico: Alexandre Gallo

Rio Claro: Dheimison; Douglas, Alyson, Guilherme e Boré; Acleisson, Everton, Eduardo e Lucas Crispim (Matheus Lu); Matheus Santos (Luiz Thiago) e Rodrigo

Técnico: Adilson Teodoro

Gol: Lucas Crispim, aos 22’/1º(Rio Claro)

Foto: Leonardo Lima

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Por recuperação na Série A-2, Azulão mira vitória contra o Rio Claro neste sábado

 

Técnico do São Caetano, Alexandre Gallo analisou o confronto deste fim de semana

(14 de fevereiro de 2020) -Recuperação é a palavra de ordem no São Caetano, após o tropeço sofrido para o Red Bull Brasil, na partida passada da Série A-2 do Campeonato Paulista.

Para isso acontecer o Pequeno Gigante precisa superar o Rio Claro neste sábado, às 15h, no Anacleto Campanella, em confronto válido pela sétima rodada da competição.

Com oito pontos conquistados, o Azulão ocupa atualmente o sétimo lugar na tabela de classificação. São seis de diferença para o líder Monte Azul e vantagem nos critérios de desempate para o XV de Piracicaba, primeiro clube fora do G-8.

De olho na manutenção no grupo que disputa as primeiras colocações, o técnico Alexandre Gallo falou sobre a postura que o time azulino precisa ter neste fim de semana.

“Novamente um jogo equilibrado, difícil. Se tivéssemos ganho essa partida (Red Bull) nós estaríamos na frente na tabela, com tranquilidade para administrar o nosso elenco. Pois é claro que possuímos problemas pela sequência dos jogos. Vamos então tentar colocar bom ritmo, realizar jogo regular e fazer os noventa minutos de uma mesma maneira para poder vencer”, explicou o treinador, que não poderá utilizar o lateral-direito Alex Reinaldo, suspenso com três cartões amarelos.

Retrospecto

O equilíbrio predomina no histórico de confrontos entre São Caetano e Rio Claro. Rivais pelo acesso à elite paulista de 2017, cada equipe venceu quatro duelos enquanto outros cinco compromissos terminaram empatados.

No último destes embates, empate em 0 a 0 na Copa Paulista do ano passado. Em duelo que também aconteceu no Anacleto Campanella.

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Foto: Fabrício Cortinove