Azulão conquistava vantagem na semifinal da Libertadores há 18 anos

(9 de julho de 2020) – Há 18 anos, Somália fazia a festa em cima da defesa e Adãozinho cobrava o mesmo pênalti duas vezes para o Azulão vencer o América (México), por 2 a 0, no jogo de ida da semifinal da Libertadores realizado no Anacleto Campanella.

Sob o comando de Jair Picerni, o São Caetano entrou em campo naquele dia nove de julho de 2002 com Silvio Luiz; Russo, Daniel, Dininho e Rubens Cardoso; Marcos Senna, Adãozinho, Aílton (Marlon) e Robert (Jean Carlos); Anaílson (Serginho) e Somália.

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove