Azulão vence nos pênaltis e conquista pela terceira vez o título da Série A-2

(12 de outubro de 2020) – São Caetano e São Bento fizeram, nesta segunda-feira, no Anacleto Campanella, uma final digna que esta competição merece.

Após perder no tempo normal, por 1 a 0, a estrela de Luiz Daniel brilhou nos pênaltis ao defender duas cobranças, e o Azulão foi campeão da segunda divisão paulista pela terceira vez em sua história.

O jogo

Com o placar (3 a 2) favorável ao time do ABC na partida de ida, o São Bento buscou o ataque desde os primeiros momentos do jogo. Em uma dessas tentativas, aos três minutos, Bambam aproveitou cruzamento vindo da direita e completou para o fundo das redes. 1 a 0.

Após esse susto inicial, o Pequeno Gigante buscou o empate e por muito pouco não deixou tudo igual quando a partida já estava nos acréscimos. Everton Dias se antecipou à marcação e testou firme no travessão, desperdiçando assim a melhor chance azulina no tempo normal.

Depois de um segundo tempo com poucas chances de gol, a definição de quem seria o campeão foi para os pênaltis.

Repetindo o desempenho das quartas de final, o São Caetano não desperdiçou nenhuma cobrança. Anderson Rosa, Everton Dias, Sandoval e Renan Dutra marcaram pelo Azulão.

Do lado do São Bento, Lucas Macanhan e Thiago Primão tiveram os seus pênaltis defendidos pelo goleiro Luiz Daniel. Defesas que garantiram desta forma o terceiro título da Série A-2 para o Pequeno Gigante, vencedor desta competição também nos anos de 2000 e 2017.

Ficha técnica:

Estádio: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul;

Árbitro: Adriano de Assis Miranda;

Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Luiz Alberto Andrini Nogueira;

São Caetano: Luiz Daniel; Emerson Santos (Douglas), Renan Dutra, Sandoval e Dudu(Acácio); Gabriel Santos(Joel), Everton Dias e Anderson Rosa; Eric Di Maria(Luan), Ronaldo e Marlon(Filipe Carvalho)

Técnico: Dininho

São Bento: Lucas Macanhan; Alison (Mizael), Douglas Assis, Bruno Leonardo e Pablo; Fábio Bahia, Thiago Primão e Denner (Erick Luís); Ruan(Sávio), Evandro e Bambam(Luis Henrique)

Técnico: Marcelo Cordeiro

Gol: Bambam, aos 3’ do 1º(São Bento)

Foto: Leonardo Lima

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove