Decisivo em Sorocaba, Gabriel Santos festeja primeiro gol como profissional

(10 de outubro de 2020) – Apesar de até pouco tempo atuar pelo time Sub-17 do São Caetano, o volante Gabriel Santos não aparenta sentir o peso de jogar no profissional. Contra o São Bento, no primeiro jogo da final da Série A-2, o prata da casa passou por verdadeira prova de fogo e se saiu muito bem.

Tendo a responsabilidade de substituir Alex Reinaldo(lesionado), ainda no primeiro tempo, o meio-campista demonstrou na oportunidade toda a sua qualidade. Tanto que teve papel fundamental pela vitória do Azulão ao anotar o segundo dos três tentos da equipe dirigida por Alexandre Gallo.

Mais do que isso, a “cria do Anacleto” fez também, em Sorocaba, o seu primeiro gol como profissional. Motivo de muito orgulho para o garoto que completou 18 anos em fevereiro.

“Não acreditei naquela bola, mas o (Everton)Dias me falou para eu chegar sempre na área e eu consegui fazer o gol. Estou bastante feliz”, disse antes de completar. “Está sendo um sonho (jogar pelo profissional). Precisou, eu vou entrar. Pode ser até de goleiro, eu quero estar jogando. Quero apenas ajudar o São Caetano”, afirmou.

Promovido ao profissional neste período de pós-paralisação, Gabriel Santos já entrou em campo pelo time principal do Pequeno Gigante em quatro oportunidades.

DECISÃO

Azulão e Bentão realizam o decisivo confronto da final da Série A-2 do Campeonato Paulista na segunda-feira (12). Em duelo que acontece no Anacleto Campanella, às 17h.

Em caso de empate, o título fica com o São Caetano por causa da vitória (3 a 2) no confronto de ida. Apesar desta vantagem, o prata da casa não vê uma situação confortável para o clube do ABC e exige atenção total no duelo seguinte entre os clubes.

“Precisamos tomar cuidado, pois ainda tem o jogo da volta. Vamos nos preparar bastante para conseguir um bom resultado”, concluiu o jovem.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove