Em Novo Horizonte, Azulão mira primeira vitória longe do Anacleto Campanella pela Série D

(31 de outubro de 2020) – O São Caetano volta a campo pela Série D do Campeonato Brasileiro neste fim de semana. Oportunidade em que enfrenta novamente o Grêmio Novorizontino, no domingo (1), às 16h, mas agora no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi.

Com cinco pontos conquistados, o Azulão precisa vencer para se aproximar da zona de classificação no Grupo A8. Desta maneira, o técnico Fabinho Félix projetou os obstáculos que o seu time precisa superar no interior.

“Mais um jogo duríssimo contra o líder da competição. Tivemos a oportunidade de fazer um belo jogo contra eles aqui (Anacleto Campanella), apesar de todas as nossas dificuldades, e quando sofremos o gol em um erro coletivo”, disse antes de completar. “A gente respeita a equipe do Grêmio Novorizontino, sabemos do que são capazes. Então vamos viajar para lá (Novo Horizonte) esperando a pior recepção possível e jogo dificílimo”, concluiu.

Já sobre a postura que o São Caetano necessita ter no domingo, Fabinho Félix ressaltou pontos com os quais a sua equipe precisa ficar atenta visando este próximo duelo.

“A gente se preparou, apesar do pouco tempo de trabalho, e de contar com uma equipe muito jovem e com poucos jogos realizados. Os erros vão acontecer, então precisamos ter um pouco mais de concentração, facilitar menos para o nosso adversário e procurar fazer os gols quando tivermos as oportunidades”, explicou.

RETORNO

Suspenso na rodada passada, o volante Anderson Braz fica novamente à disposição do elenco azulino no jogo deste fim de semana.

RETROSPECTO

Azulão e Tigre já se enfrentaram em quatro oportunidades por competições oficiais. O mandante deste domingo leva vantagem ao vencer três destes duelos, enquanto um empate completa o retrospecto entre essas equipes.

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove

Foto: Fabrício Cortinove