Fabinho Félix analisa estreia no comando do Azulão e enaltece trabalho coletivo por vitória

(19 de outubro de 2020) – A vitória (2 a 1) contra o Joinville, pela rodada passada da Série D do Campeonato Brasileiro, foi especial para o São Caetano por recolocar o clube na briga pela classificação à próxima fase da disputa.

Mas ela também será sempre lembrada por Fabinho Félix, nome que iniciou a sua trajetória no futebol no Anacleto, e que estreou no comando da equipe na oportunidade. Diante deste primeiro jogo como treinador do Azulão, o ex-jogador ressaltou a importância que o resultado teve para o conjunto azulino.

“A impressão é sempre a melhor possível. Eu já conhecia os atletas, entendo a dificuldade deles tanto física quanto técnica. Mas a gente precisa trabalhar e vamos para o jogo de quarta-feira com a mesma concentração”, contou.

Fabinho Félix surgiu para o futebol no time do São Caetano que foi finalista do Campeonato Brasileiro em 2001. Pela agremiação do ABC foram 35 jogos realizados ao longo de duas passagens como atleta profissional.

Dono de vasto conhecimento quando o assunto é o Pequeno Gigante, o comandante do Azulão ainda falou sobre a identificação que possui com o atual elenco que dirige e o clube, que é o atual campeão da Série A-2.

“Independentemente de qualquer coisa, eu estou aqui por eles(jogadores), pela instituição que me deu uma oportunidade de vida, de ser quem eu sou hoje”, disse antes de completar sobre o principal motivo que fez o São Caetano vencer pela primeira vez no brasileiro. “O que fez a diferença foi a força de vontade de todos eles(atletas)”, concluiu o treinador caetanista.

Sequência

O Azulão volta a campo pela Série D do Brasileiro na quarta-feira(21). Data em que reencontra o Joinville, mas desta vez em sua Arena, às 20h.

Foto: Fabrício Cortinove

Assessoria de imprensa: Fabrício Cortinove