Guerreiro, Azulão vira contra o XV e conquista primeira vitória na Série A-2

Confronto desta quarta-feira marcou a estreia de Alexandre Gallo no comando do São Caetano

(29 de janeiro de 2020) – Foi na base da raça, da emoção. Assim o São Caetano manteve a sina de nunca ter perdido, no Anacleto Campanella, para o XV de Piracicaba.

De virada, o Azulão superou o Nho Quim pelo placar de 2 a 1 nesta quarta-feira. Resultado que assegurou o primeiro triunfo do Pequeno Gigante, que agora soma quatro pontos em três partidas realizadas na Série A-2 do Campeonato Paulista.

O JOGO

Em partida equilibrada do início até o fim, o São Caetano criou boas oportunidades na primeira etapa nas conclusões de Ronaldo e Jean Dias. Ambas bem defendidas pelo goleiro adversário.

Mas as verdadeiras emoções ficaram mesmo para o segundo tempo. Aos 41 minutos, Diego Jussani subiu alto e marcou de cabeça para o clube visitante.

A alegria do time visitante, no entanto, durou pouco e no lance seguinte o Azulão empatou. Alex Reinaldo cobrou escanteio na direita e Marlon deixou tudo igual, também de cabeça.

Empolgado com o empate relâmpago, o São Caetano alcançou a vitória aos 45 minutos. Após cruzamento da direita, Marcus Vinicius desviou de cabeça. A bola foi na direção de Diego Jussani que, ao tentar cortar lance, mandou contra o próprio patrimônio.

2 a 1 no placar e vitória crucial para o time que agora é dirigido por Alexandre Gallo.

Sequência

Na próxima rodada da Série A-2 do Paulista, o São Caetano visita o Juventus. Confronto que acontece no domingo, às 10h, na Rua Javari.

Ficha técnica:

Local: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul;

Árbitro: Alessandro Darcie;

Auxiliares: Fernando Afonso Gonçalves de Melo e Jose Lucas Candido de Souza;

Público: 448

Renda:  R$ 2.270,00

São Caetano: Luiz Daniel; Alex Reinaldo, Sandoval, Junior Alves e Wanderson; Matheus Salustiano, Esley (Anderson Rosa) e Emerson Santos; Jean Dias (Marcus Vinicius), Calyson(Marlon) e Ronaldo

Técnico: Alexandre Gallo

XV de Piracicaba: Mota; Jefferson Feijão, Diego Jussani, Paulão e Assis; Bruno Lima, Samuel Andrade (Erison) e Filipe Cirne; Marcelinho (Erik Gabriel), Kadu Barone e Raphael Macena (Caio Mancha)

Técnico: Tarcisio Pugliese

Gols: Diego Jussani, aos 41’ do 2º (XV de Piracicaba); Marlon, aos 42’ do 2º e Diego Jussani, aos 45’ do 2º(gol contra) (São Caetano)

Foto: Leonardo Lima

Assessoria de imprensa | Fabrício Cortinove